Home»Economia»Travestis e transexuais poderão usar nome social em cartão do SUS em SP
Travestis e transexuais poderão usar nome social em cartão do SUS em SP

CRT-Aids é a primeira unidade do Estado a oferecer o serviço

Travestis e transexuais de São Paulo poderão utilizar o nome social no cartão SUS. A medida foi implantada pela Secretaria da Saúde do Estado por meio do CRT- Aids (Centro de Referência e Treinamento DST – Aids). A medida já está em vigor e vai beneficiar, de imediato, 1,5 mil pessoas.

Siga o Governo do Estado de São Paulo no Twitter e no Facebook

A emissão do cartão, que é válido para atendimento em qualquer serviço público de saúde, é imediata. Basta comparecer ao CRT, solicitar o cartão e informar o nome social. A emissão é realizada de segunda a sexta, das 14h às 19h30.

“A inclusão do nome social de travestis e transexuais no cartão SUS visa permitir que esse público seja atendido em qualquer unidade de saúde sem passar por constrangimentos”, explica a coordenadora do Programa Estadual de DST/Aids da Secretaria, Maria Clara Gianna. “Além disso, esperamos que esta medida contribua ainda para a redução do preconceito e discriminação historicamente sofridos por esta população”, diz.

Do total de 1,5 mil usuários matriculados no Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais do CRT, 65% se denominam transexuais, 30% se consideram travestis e outros 5% são divididos entre mulheres trans (mulheres nascidas em corpo masculino) e indefinidos.

SERVIÇO Centro de Referência e Treinamento DST – Aids Rua Santa Cruz, 81 – Vila Mariana – São Paulo/SP Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h Emissão do Cartão SUS de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h30 Telefone (11) 5087-9833

Contacto

Nosso endereço Globe Social Network PO Box 20164 10014 - New York - NY Phone : 1 (347)-430-5110 freddydefreitas(at) globesocialnetwork.com

Globe Social Network PO Box 20164
New York, 10014 - USA

Telephone+1 (347)-430-5110