Eleitor conservador do estado de Wisconsin admite que atirou em sua irmã na cara por causa de Donald  Trump. “Ela tem que saber  o tant o que eu sou apaixonadopor ele.”